Câmara de Vereadores: Cooperação para Rádio e TV educativas em Barra Velha

Agenda cumprida pelo presidente da Câmara de Vereadores de Barra Velha, Alex Sandro Correia dos Santos, o Alex Palmital (PSD), em Brasília, resultou numa parceria inédita firmada com a Câmara dos Deputados, visando a instalação de emissora de rádio e televisão educativa em sinal aberto e digital para Barra Velha. O termo de cooperação técnica foi assinado semana passada, entre Alex e o gestor nacional da Rede Legislativa de Rádios e TVs, Alexandre Carrijo Franco, na presença do diretor legislativo da Câmara de Barra Velha, Paulo Roberto Leite.

De acordo com Alex Palmital, as articulações visando a liberação e implantação da “Rádio e TV Câmara de Barra Velha” iniciaram no começo do ano, que resultaram em visitas, no mês de abril, efetuadas pelo presidente e também por Paulo Roberto à Câmara de Vereadores de Itajaí e à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em Florianópolis, onde há as respectivas TV Câmara e TV AL já instaladas, e onde ambos conheceram melhor a estrutura de funcionamento dessas emissoras.

“O que nós temos a informar é que é possível instalar as emissoras educativas aqui em Barra Velha, com uma produção própria da Câmara local, dentro dos padrões possíveis, iniciando com a transmissão das sessões legislativas ordinárias, produção de programas locais, e programação educativa e jornalística, a partir do material desenvolvido pela TV AL, em Florianópolis, e TV Câmara e TV Senado, em Brasília”, detalha Alex.

Pelo termo de cooperação assinado, à Câmara dos Deputados caber a liberação dos canais digitais de rádio e TV, e Barra Velha monta uma estrutura local. “A princípio, precisamos de uma sala de 10m², já existente na Casa de Leis, onde o estúdio será montado, com um pequeno cenário, mesa de operação, isolamento acústico”, observa Paulo. O projeto é padrão, desenvolvido pelo Ministério da Educação. “Nossa expectativa é que em seis meses, o sinal de Brasília seja liberado para nós”, comenta o presidente.

O termo de cooperação prevê a assessoria técnica tanto de Brasília como da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, visando unificar os sinais. Uma antena e um transmissor de 3000 whatts de potência estão previstos, o que garantiria um sinal aberto na região entre Araquari a Navegantes. “Podemos inclusive montar parcerias com Câmaras, por exemplo, de São João do Itaperiú, Balneário Piçarras e Penha, visando a transmissão também de suas sessões e produções próprias”, observa Paulo.

Bahia foi pioneira no Nordeste

Um modelo pioneiro semelhante ao de Barra Velha já existe na cidade de Teixeira de Freitas, na Bahia, e foi inaugurado por Alexandre Carrijo Franco em julho do ano passado. “A Câmara Municipal de Teixeira de Freitas teve sua primeira emissora legislativa de rádio do norte/nordeste do Brasil, sintonizada na frequência 90,9 FM e com um transmissor de 3000 Watts de potência para atender Teixeira e região, a Rádio Câmara 90,9 FM”, detalha o jornalista Juvan Neto, assessor de comunicação da Câmara de Barra Velha.

A ideia é que Barra Velha tenha integre essa Rede Legislativa de Rádio e TV, nos mesmos moldes – a produção de jornalismo, no caso, ficaria com o jornalista Juvan, e a assistência técnica com Peter Gudoski, servidor do Poder Legislativo já encarregado do embrião da TV Câmara em Barra Velha, o qual transmite as sessões atualmente pelo site oficial do Legislativo, e também as libera no canal da Câmara no YouTube.

Na mesma viagem à capital federal, Alex Palmital encaminhou e protocolou projetos relativos ao setor de Turismo, desenvolvidos pela Prefeitura de Barra Velha. “A viagem foi extremamente produtiva”, destacou o presidente da Casa de Leis.


 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com