Balneário Piçarras: População ainda não pode ligar imóvel à rede coletora de esgoto


Com um total de 94,6% da rede coletora do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Balneário Piçarras instalada, a CASAN reforça um alerta à comunidade: as redes residenciais ainda não podem ser ligadas à rede coletora recém implantada. O alerta se faz necessário em virtude de diversas ligações já terem sido encontradas por fiscais e que acabam sendo desfeitas por conta dos danos que os próprios moradores podem ter. “Para que o esgoto dos imóveis seja coletado e tratado, todo o sistema, incluindo a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), deve estar concluído. Caso o morador ligue seu imóvel à rede antes da liberação, poderá ter problemas com refluxo de esgoto em sua casa e vazamentos nas ruas”, explica um dos responsáveis pela fiscalização das obras no município, engenheiro Bruno Guimarães Oliveira. A ligação antecipada também poderá trazer sérios prejuízos à balneabilidade das praias de Balneário Piçarras. A CASAN recomenda que situações de ligações irregulares sejam avisadas através do telefone (47) 3345.0739 - escritório local da estatal – ou ainda diretamente à empresa terceirizada que está executando todo o trabalho, a Itajuí Engenharia de Obras Ltda. Neste caso, os avisos podem ser pelo telefone (47) 3347.0317 ou no escritório da Itajuí, situado, na Avenida Sambaqui esquina com Rua Arthur Colsani, no bairro Santo Antônio - atrás do Museu Oceanográfico da Univali. Conforme o engenheiro Oliveira, nesta primeira fase do projeto, 130 ruas já receberam a rede coletora de esgoto, que rendeu 2.478 pontos para futura ligações domiciliares. “Estamos concluindo esse trabalho e a próxima etapa será uma lavagem dessa rede, que hoje está na casa dos 34 quilômetros de extensão pelas ruas de Balneário Piçarras, totalizando 94,6% desta etapa”. É nesse trabalho que, justamente, as ligações irregulares poderão causar transtornos à toda coletividade. A rede de emissário – que levará o esgoto até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) – está com 84,8% de execução, totalizando 3.122,92 metros. A construção da ETE, por sua vez, vem avançando. Na última quarta-feira, dia 6, uma nova etapa de concretagem das paredes do tanque de areação foi realizada. A ETE está sendo construída no bairro Santo Antônio, às margens da BR-101. A CASAN está investindo R$ 23,2 milhões somente nesta unidade, que terá um dos mais completos sistemas de filtragem do esgoto doméstico do Estado. A ETE de Balneário Piçarras contará com sistema de tratamento a nível Terciário, considerado o mais avançado, pois remove inclusive elementos como fósforo e nitrogênio. FRENTES DE TRABALHO As frentes de trabalho da rede coletora de esgoto continuam em execução nas ruas José Temístocles de Macedo (Beira Mar), Alexandre Guilherme Figueredo e Vereador João Figueredo. Já os trabalhos de assentamento dos emissários estão nas ruas Alexandre Guilherme Figueredo, Marcilio Dias e Vereador João Figueredo. Devido à complexidade das obras nestes trechos e a necessidade de trafego de caminhões e maquinários pesadas, O engenheiro Oliveira alerta aos motoristas e pedestres que respeitem as delimitações de trânsito imposta pelas frentes de trabalho. “Nosso foco é zelar pela segurança da comunidade e de todos os trabalhadores envolvidos na obra”, encerrou.


 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com