Balneário Piçarras: Obra da ponte da divisa entra em fase final de estaqueamento

Atualizado: Ago 14



Obra da nova ponte em Balneário Piçarras

A obra para a implantação da nova ponte de divisa entre Balneário Piçarras e Penha avança para fase final de estaqueamento, agora do lado direito da estrutura. O trabalho no local afetará diretamente a passagem de pedestres, ciclistas e motociclistas, que deverá acontecer apenas em horários específicos: das 12h às 13h30 e 18h às 08h.

“A empresa iniciará o estaqueamento do lado direito e fica muito perigoso o trânsito de pedestres pelo local durante o trabalho. Prezando pela segurança, solicitamos uma logística que possa facilitar a passagem de pessoas ao menos em horários específicos”, explicou a Secretária de Planejamento, Deisy Cristine da Silva Martins.


A nova fase deve durar sete dias operáveis de trabalho. Nas próximas semanas, após a conclusão total do estaqueamento, deverá se iniciar a demolição da estrutura atual e a colocação da nova estrutura que está sendo montada no galpão da empresa vencedora do processo licitatório.


Até a conclusão da obra, o local ficará intransitável para veículos, que devem seguir a rota alternativa pela Rua 5.000, que corta os bairros Santo Antônio e Nossa Senhora da Paz. Pedestres e ciclistas por enquanto podem passar na estrutura atual. Quando houver a demolição, uma ponte secundária e provisória será montada até o fim da obra.


Nova ponte

A estrutura trará uma faixa exclusiva para ciclistas e amplo espaço para pedestres, contendo espaços para contemplação e a pesca, que já movimenta o local. Além disso, a nova ponte terá uma altura de 5,48 metros e um vão livre de 28 metros, permitindo a navegação de barcos de até 60 pés, auxiliando tanto o turismo náutico, quanto as famílias que vivem da pesca no município.

O projeto para a ampliação da ponte vem sendo articulado desde 2018, custeado pelo empresariado local, através de uma parceria com as Câmaras de Dirigentes Lojistas de Balneário Piçarras e Penha. Os recursos para a obra – R$ 3.333.333,33 – são provenientes de título de empréstimo com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com