Baleia morta em Barra Velha  terá ossada exposta no Museu Oceanográfico da Univali em Balneário Piça


foto: Projeto de Monitoramento de Praias - PMP - BS Univali

A baleia da espécie jubarte com aproximadamente 8 metros e 20 toneladas que encalhou na praia da Península, em Barra Velha na última segunda-feira(16) foi retirada do local na terça-feira(17) entorno da das 15h30, segundo Corpo de Bombeiros Militar de Barra Velha. Cerca de 60 pessoas de diversos órgãos atuaram na operação de desencalhe que teve o apoio de um rebocador de navio. Por três vezes ouve a tentativa de desencalhar o animal que veio a morrer na última tentativa.

Na manhã de quarta-feira(18), a equipe do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) foi ao local para realizar a coleta de materiais e fazer uma análise clínica e entender os motivos que levaram ao encalhe do animal.

Resultado da necropsia

Durante os procedimentos para necropsia do animal identificou-se tumores ao longo do corpo, uma úlcera no estômago e também constatou-se que a baleia estava subnutrida, apresentando baixa reserva de gordura.

Ossos da baleia ficarão expostos no Museu Oceanográfico da Univali

A equipe do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) está fazendo a colete da ossada do animal para fazer parte do acervo em exposição no Museu Oceanográfico da Univali, em Balneário Piçarras.

Leia mais: http://bit.ly/2gpTrFB


 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com