Balneário Piçarras: “Arrox cum ovo” no Festival de Teatro


Comédia contagia o público no primeiro dia de evento; Festival vai até domingo com espetáculos gratuitos

O Festival de Teatro de Balneário Piçarras começou com energia total. O espetáculo “Arrox cum ovo”, da Nova Cia de Teatro, abriu o festival na noite de ontem (24) em uma maratona que vai até domingo com apresentação total de onze peças teatrais. A programação é inteiramente gratuita e acontece em dois lugares: Centro Cultural Luiz Telles e na praça em frente à Igreja Matriz.

A comédia, que fez a abertura oficial, contou a história de duas amigas que experimentam uma convivência diária, conhecendo os defeitos e qualidades uma da outra, enfrentando diversas situações inusitadas. Suzinete e Creuzinete, ambas com forte sotaque regional, enfrentam os problemas cotidianos apoiando-se na amizade que cultivam para que suas vidas tenham algum sentido, se é que isso tem algum sentido.

Para hoje, as apresentações ficam por conta da Trip Teatro, com “O Flautista de Homelin”, às 14h30, no Centro Cultural Luiz Telles e a noite, às 19h30, acontecerá a palestra contando o breve histórico do teatro ocidental, com Afonso Nilson. Amanhã (26), a Téspis Cia de Teatro apresenta “O Patinho Feio, O Gato Desgrenhado e as Galinhas Vesgas do Mundo”, às 14h30 no Centro Cultural Luiz Telles. Para a noite, às 19h30, a Cia Avenida Lamparina traz “Ivan, o defeituoso”.

O Patinho Feio, O Gato Desgrenhado e as Galinhas Vesgas do Mundo

Indicado para um público mirim com idade a partir de 03 anos, o trabalho apresenta uma encenação que dialogam com a criança contemporânea. “Criamos um espetáculo que aposta na capacidade dos espectadores em construir, a partir das sugestões dadas pela encenação, sua própria versão da história e dos personagens”, comenta o diretor do espetáculo, Max Reinert. Buscando escapar das versões clássicas, os atores trabalham com jogos de improvisação, elementos cenográficos, ambientação sonora e linguagem corporal.

Ivan, o defeituoso

Os Circos de Horrores do século XIX e início do século XX são atualmente proibidos. Mas isso é apenas um detalhe para as irmãs Amanda e Natasha que ganham a vida transformando o irmão mais novo, Ivan, em uma aberração. A peça é indicada para maiores de 16 anos.


 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com