Bugres no sertão de Medeiros em Barra Velha

Ao Dr chefe de polícia, nº 35, em resposta ao seu ofício de ontem, cabe-me declara-lhe que ficam expedidas as convenientes ordens ao comandante superior de São Francisco, para prestar com urgência qualquer força que lhe for requisitada do lugar, com o fim de afugentar os bugres e evitar algum assalto que possam dar sobre o "Sertão de Medeiros" na freguesia de Barra Velha do termo de São Francisco.

Foto: Arquivo Histórico da Biblioteca Digital Luso-Brasileira

Nota - Ao longo do século XIX o enfrentamento entre índios e brancos se tornaram frequentes em Barra Velha. Os brancos que chegavam em maior numero começaram a ocupar as terras que tradicionalmente era área de caça e pesca dos índios Botocudos (Xoclengs), que habitavam a região nos meses de verão. Na manhã do dia 19 de fevereiro de 1866 os "Bugres" como eram chamados, mataram 6 pessoas no tabuleiro e deixaram uma senhora mortalmente ferida. Temendo serem vitimas de um ataque de surpresa, os habitantes do “sertão de Medeiros" no interior da freguesia solicitaram através do chefe de polícia local o envio de uma força para afugentar os "selvagens" da localidade. O artigo principal foi publicado no jornal "O Despertador" do Desterro no dia 30 de outubro de 1869. A reprodução do texto foi fiel a ortografia da época.

#HistóriasdeBarraVelha #BarraVelha #Medeiros

 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com