Registros fotográficos de Barra Velha


Imagem raríssima de Barra Velha (1955) captada pelas lentes de Artur Wischral.O renomado fotografo paranaense é considerado um dos mais importantes do Brasil. Barra Velha talvez tem sido uma das poucas praias de Santa Catarina a ser fotografada por Wischral, que eternizou o aspecto bucólico do distrito na época.

Ao longo de sua história a imagem de Barra Velha foi captada por alguns dos fotógrafos mais importantes do Brasil. Na década de 30 algumas fotografias do distrito foram feitas pelo alemão Fritz Hofmann, que retratou os primeiros veranistas na praia central da cidade. No início da década de 50 Hoffmann chegou a fazer algumas panorâmicas do alto do morro do cristo, mais os registros mais importante desta época foram feitas feita pelo conceituado fotografo paranaense Artur Wischral. Em 1958 vários pontos turísticos da cidade foram transformados em "cartões postais" pelo paulista Mario Prugner, filho do renomado fotografo Augusto Prugner, que passou para a história de São Paulo ao fotografar a conturbada revolução de 1924. As transformações urbanas, as festas de casamento, os desfiles cívicos e outras mudanças e acontecimentos de Barra Velha na década de 70 foram eternizadas pelas lentes de José Francisco Rech (Juca). O barravelhense Jorge Celso de Mello do "foto Marajo's" por sua vez, além de retratar aspectos da pesca artesanal do município, também deu grande ênfase aos fenômenos naturais (chuvas de granizo e vendavais) que assolaram a região nos anos 80. Nota do autor - Alguns dos fotógrafos mais conceituados do Brasil chegaram a fazer imagens de Barra Velha ao longo do século XX. Grande parte deste material se encontra disperso pela região ou de posse de algumas famílias e colecionadores. As fotografias coloridas de Barra Velha remontam a década de 70, quando esta inovação tecnológica também chegou a cidade.


 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com