Balneário Piçarras: Vigilância em Saúde alerta para acúmulo de vasos em cemitério


O departamento de Vigilância em Saúde de Balneário Piçarras alerta os visitantes do cemitério municipal para o acúmulo de vasos com água parada em seu interior. Na sexta-feira, 7, durante vistoria, agentes de Endemias localizaram 56 recipientes com risco de proliferação da larva do mosquito da dengue.

A equipe liderada pelo gente André Ladwig perfurou os 56 vasos, para que a água fosse drenada. “A água da chuva fica acumulada dentro desses vasos e propicia um ambiente adequado para a reprodução da larva”, explica Ladwig.

A medida adotada pela Vigilância em Saúde, segundo o agente, deveria ser adotada pelos próprios moradores. “As pessoas devem furar o vaso, preferencialmente, embaixo, ou usar areia”, sugere.

Outro problema verificado são os plásticos que envolvem os vasos, que também devem ser retirados. “Esse plástico também guarda água da chuva, portanto oferece o mesmo risco”, acrescenta.

Ladwig lembra que Santa Catarina já se prepara para mais uma epidemia de dengue, especialmente devido às chuvas e ao calor. “Se fizermos a nossa parte, poderemos, juntos, impedir que a doença chegue ao município”, concluiu o agente.


 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com