Contribuintes de Barra Velha inscritos em dívida ativa poderão parar no SPC/SERASA


Por decisão do Chefe do Poder Executivo da Prefeitura de Barra Velha, o Sr. Claudemir Francisco Matias, pré anunciada em setembro de 2014, conforme segue abaixo:

“A Prefeitura de Barra Velha comunica a todos os contribuintes em débito, que decorridos 30 dias da publicação do presente, por força da Lei Municipal nº 1.290/2003, estará encaminhando à Cartório, para protesto, as Certidões de Dívida Ativa relativas ao IPTU e demais créditos.

Evite transtornos com a inclusão do seu nome nos órgãos de restrição ao crédito, SPC e Serasa. Compareça na Prefeitura para regularizar sua situação.”

Os contribuintes Barra-velhenses que não pagaram seus IPTU`S e estão com seus impostos inscritos em dívida ativa, serão NEGATIVADOS no SPC e Serasa.

A intimação tipo Comum, traz uma grande dor de cabeça aos contribuintes, que terão que pagar além do valor líquido, outras despesas financeiras oriundas do processo de cobrança:

Despesas fixas:

- Selo de fiscalização: R$ 1,55

- Liquidação após a intimação: R$ 13,75

- Tarifa do boleto: R$ 2,50

Despesas variáveis dependendo da localidade:

- Diligência: aproximadamente R$ 40,00

- Condução: aproximadamente R$ 6,00

Além dessas despesas, o contribuinte que não pagar seu imposto na data da intimação terá que pagar o valor do cancelamento do protesto, avaliado em R$29,00.

De acordo com as informações advindas do Tabelionato de Notas e Protestos de Títulos de Barra Velha, as Intimações começarão a ser enviadas a partir desta sexta-feira (23).


 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com