Mauro Mariani é eleito por unanimidade presidente estadual do PMDB


De forma unanime os mais de 400 delegados que votaram na convenção estadual do PMDB catarinense, neste domingo (18), no Auditório Antonieta de Barros, em Florianópolis, homologaram a chapa única do novo diretório do partido. Com a votação, o deputado federal Mauro Mariani tornou-se o novo presidente da sigla, assumindo o mandato de dois anos com o compromisso de reconectar o partido com a sociedade catarinense. A convenção contou com a participação de cerca de 2 mil peemedebistas. “Por muitos anos sonhei com esta missão partidária, conquistada hoje fruto dos gestos de todos os líderes. Sacramentamos a unidade e a nossa missão agora é reconectar o partido com a sociedade”, ressaltou.

O novo presidente agradeceu especialmente ao vice-governador Eduardo Pinho Moreira e ao deputado Valdir Cobalchini, pelo trabalho realizado à frente do PMDB, afirmou também que o partido em nível estadual vive hoje o seu melhor momento, quando “mesmo diante do crítico cenário da política nacional, filia mais de 15 mil novos peemedebistas”. Fez um comparativo do cenário político nacional com a crise vivida na Itália na década de 90, quando os principais partidos se acabaram, chamando a atenção para a importância de ouvir o povo brasileiro.

Após ser aclamado por muitos companheiros como o futuro candidato ao Governo, o presidente pediu cautela e foco em 2016. Disse que o momento é de fortalecer o partido para a eleição municipal e que a única certeza é que a sigla terá candidato próprio em 2018. “Se para ganhar a eleição, tiver que ser outro companheiro o candidato, eu serei o primeiro a apoiá-lo. Não vamos antecipar o debate, vamos construir agora um partido ainda mais forte”, disse.

O vice-governador Eduardo Pinho Moreira entregou a presidência partidária anunciando a nova executiva, que terá como primeiro vice-presidente o deputado Valdir Cobalchini. No seu pronunciamento, fez um relato das tradições históricas do PMDB, dos embates e da conversa que teve com o senador Luiz Henrique, na noite anterior ao seu falecimento. “Hoje registramos uma página importante na continuidade administrativa e política de Santa Catarina. Eu fico muito feliz de poder entregar, junto com toda a executiva, o partido com o melhor desempenho de todos os PMDB´s do Brasil. Há dois anos, eu e o Mauro disputamos internamente, eu ganhei e ele ficou. Agora ele será o próximo presidente do partido e governador de Santa Catarina. É esse o sentimento de unidade que guia todos nós”, garantiu.

RESOLUÇÃO DE CANDIDATURA PRÓPRIA - O presidente em exercício da sigla e agora primeiro vice-presidente do PMDB catarinense, deputado Valdir Cobalchini, fez um discurso emocionado sobre a missão que cumpriu na frente do partido, percorrendo todos os finais de semana mais de 240 municípios e realizando a Jornada da Unidade. Garantiu que vai seguir trabalhando na caminhada de fortalecimento para 2016/2018, sem descanso e com a mesma motivação, ao lado de Mauro Mariani.

Como último ato no comando peemedebista, Cobalchini pediu a aprovação da resolução partidária que define a candidatura própria em 2018 como irreversível. Todos os presentes levantaram a mão e ficaram em pé em sinal da aprovação do texto. “Para nós isso já é fato há tempo, mas agora fica o registro que determina a posição partidária”, garantiu.

Ainda, destacou a força e unidade. “Se o PMDB é forte como é, nós devemos isso aos peemedebistas dos 295 municípios, a nossa base espalhada por toda Santa Carina. Nós cumprimos a meta que nós definimos junto com todos os líderes, e hoje sacramentamos a unidade”.

Cinquentenário e homenagens – Ao lado do senador Casildo Maldaner, coordenador do projeto do cinquentenário do PMDB, Cobalchini apresentou um clip institucional da campanha peemedebista, rumo aos 50 anos, que serão comemorados em abril de 2016. “O PMDB tem passado, presente e principalmente futuro de novas conquistas”, disse emocionado o senador Casildo Maldaner.

Durante a convenção, os peemedebistas prestaram homenagens aos ex-governadores Casildo Maldaner, Paulo Afonso e Luiz Henrique (in memoriam) e ao vice-governador Eduardo Pinho Moreira. O deputado Valdir Cobalchini, na condição de presidente em exercício, também recebeu uma homenagem pela “construção da unidade partidária”, do Diretório Estadual.

Também fizeram uso da palavra o senador Dário Berger, o ex-governadore Paulo Afonso, o deputado federal Valdir Colatto, em nome da bancada federal, o deputado Antônio Aguiar, em nome da bancada estadual, a presidente do PMDB Mulher, Ada De Luca e o presidente da JPMDB, Daniel Hostin.

Dos 531 delegados, foram contabilizados 403 votos, todos favoráveis a homologação da chapa única Luiz Henrique da Silveira.

COMISSÃO EXECUTIVA ESTADUAL DO PMDB/SC 18/10/2015 – 18/10/2017

Mauro Mariani Presidente

Valdir Cobalchini 1ºvice-presidente

Dário Berger 2ºvice-presidente

Dirce Heiderscheidt 3ªvice-presidente

Luiz Fernando Cardoso Secretário Geral

Adelcio Machado dos Santos Secretário Adjunto

Valter Gallina 1º Tesoureiro

Mauro De Nadal 2º Tesoureiro

Eduardo Pinho Moreira 1º vogal

Paulo Afonso Vieira 2º vogal

Celso Maldaner 3º vogal

Rogério Peninha Mendonça 4º vogal

Senador Casildo Maldaner Presidente de honra do PMDB/SC.

Suplentes Manoel Mota

Valdir Colatto

Ari Vequi

Milton Martini


 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com