Prefeitos solicitam 9,7 milhões ao Estado durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional


Membros do Conselho de Desenvolvimento Regional (CDR) de Joinville se reúnem nesta segunda, 5, para discutir as demandas da região Norte. Saúde, arrecadação, gestão de resíduos, campanha de conscientização às drogas e recursos para os municípios estiveram entre os assuntos. A reunião foi na SDR e teve presença do deputado estadual Kennedy Nunes.

Sobre os pedidos de recursos para os municípios, aqueles com projetos elaborados terão mais agilidade na liberação, tendo dotação orçamentária. “Todos os pedidos de recursos dos municípios foram acatados e seguem para tramitação interna no governo do Estado”, disse a secretária Simone Schramm. Barra Velha solicitou R$ 2 milhões para conclusão das obras da Foz do Rio Itapocu. Já em Garuva, o pedido do prefeito José Chaves é a liberação de R$ 100 mil é para apoio nas obras de reforma da Escola Municipal Vicente Vieira.

Em Itapoá, o montante total é R$ 4 milhões, com prioridade para recursos destinados a aquisição de saibro. De acordo com o chefe do executivo municipal, Sérgio Aguiar, o município tem mil quilômetros de estrada de chão. A Festa do Colono terá apoio com recursos já descentralizados. Aguiar pediu ainda recursos para aquisição de maquinário e para pavimentação.

Em Joinville, o Basquete Joinville deverá ter apoio por meio do Fundo Estadual do Esporte (Fundesporte). A documentação para angariar R$ 199 mil começou a tramitar nesta segunda a pedido da Associação Amigos de Basquete de Joinville.

Para São João do Itaperiú, o prefeito pediu recursos para comprar um trator esteira, valores para recuperação de área de depósito de resíduos, pavimentação e reforma do Centro de Eventos e do posto de saúde. A solicitação chega a R$ 3,1 milhões.

O gerente Regional de Saúde, Henrique Deckmann, pediu para que todos os prefeitos façam um levantamento em suas cidades acerca dos números de pacientes oncológicos. “Legislação aprovada no ano passado [lei 12.732] diz que todo paciente tem direito ao tratamento 60 dias depois da doença descoberta. Temos de chegar aos dados mais precisos sobre esta realidade na região”, pediu.

Deckmann aproveitou e alertou aos representantes das prefeituras sobre a importância de conscientizar a população sobre os cuidados com a dengue. “Já temos 43 casos e ainda não chegamos ao verão. Comparado com os anos anteriores esse número é elevado e o mosquito não respeita divisa de municípios”.

O consultor Aires Steuernagel Filho, da Ecounity, apresentou o ePGRS, um software para elaboração de Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. O sistema chamado ePGRS é para auxiliar as instituições públicas e privadas na elaboração do documento exigido em lei. O sistema é voltado à gestão de qualquer tipo de resíduo e permite identificar, localizar, registrar a coleta, armazenamento, transporte e destinação. O projeto recebeu apoio do Sebraetec, do Paraná. O gerente regional da Fazenda, Olândio Hornburg, falou sobre a arrecadação do Estado na reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional da SDR nesta segunda, 5. “No mês de setembro teve uma baixa e ficamos surpresos porque não chegou perto da inflação. Como o setor de combustível é um dos que mais arrecada, o aumento no preço tem como meta incremento à arrecadação”, disse.

Membros do Conselho de Desenvolvimento Regional (CDR) de Joinville se reúnem nesta segunda, 5, para discutir as demandas da região Norte. Saúde, arrecadação, gestão de resíduos, campanha de conscientização às drogas e recursos para os municípios estiveram entre os assuntos. A reunião foi na SDR e teve presença do deputado estadual Kennedy Nunes.

Sobre os pedidos de recursos para os municípios, aqueles com projetos elaborados terão mais agilidade na liberação, tendo dotação orçamentária. “Todos os pedidos de recursos dos municípios foram acatados e seguem para tramitação interna no governo do Estado”, disse a secretária Simone Schramm.

Barra Velha solicitou R$ 2 milhões para conclusão das obras da Foz do Rio Itapocu. Já em Garuva, o pedido do prefeito José Chaves é a liberação de R$ 100 mil é para apoio nas obras de reforma da Escola Municipal Vicente Vieira.

Em Itapoá, o montante total é R$ 4 milhões, com prioridade para recursos destinados a aquisição de saibro. De acordo com o chefe do executivo municipal, Sérgio Aguiar, o município tem mil quilômetros de estrada de chão. A Festa do Colono terá apoio com recursos já descentralizados. Aguiar pediu ainda recursos para aquisição de maquinário e para pavimentação.

Em Joinville, o Basquete Joinville deverá ter apoio por meio do Fundo Estadual do Esporte (Fundesporte). A documentação para angariar R$ 199 mil começou a tramitar nesta segunda a pedido da Associação Amigos de Basquete de Joinville.

Para São João do Itaperiú, o prefeito pediu recursos para comprar um trator esteira, valores para recuperação de área de depósito de resíduos, pavimentação e reforma do Centro de Eventos e do posto de saúde. A solicitação chega a R$ 3,1 milhões.

O gerente Regional de Saúde, Henrique Deckmann, pediu para que todos os prefeitos façam um levantamento em suas cidades acerca dos números de pacientes oncológicos. “Legislação aprovada no ano passado [lei 12.732] diz que todo paciente tem direito ao tratamento 60 dias depois da doença descoberta. Temos de chegar aos dados mais precisos sobre esta realidade na região”, pediu.

Deckmann aproveitou e alertou aos representantes das prefeituras sobre a importância de conscientizar a população sobre os cuidados com a dengue. “Já temos 43 casos e ainda não chegamos ao verão. Comparado com os anos anteriores esse número é elevado e o mosquito não respeita divisa de municípios”.

O consultor Aires Steuernagel Filho, da Ecounity, apresentou o ePGRS, um software para elaboração de Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. O sistema chamado ePGRS é para auxiliar as instituições públicas e privadas na elaboração do documento exigido em lei. O sistema é voltado à gestão de qualquer tipo de resíduo e permite identificar, localizar, registrar a coleta, armazenamento, transporte e destinação. O projeto recebeu apoio do Sebraetec, do Paraná.

O gerente regional da Fazenda, Olândio Hornburg, falou sobre a arrecadação do Estado na reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional da SDR nesta segunda, 5. “No mês de setembro teve uma baixa e ficamos surpresos porque não chegou perto da inflação. Como o setor de combustível é um dos que mais arrecada, o aumento no preço tem como meta incremento à arrecadação”, disse.

#sdrjoiville #santacatarina #joinville

 © Copyright 2005 - 2020  redebv.com